Secertaria de assuntos estrategicos Portal da SAE Twitter da SAE Facebook da SAE Flickr da SAE canal da SAE no Youtube
Portal do Governo Brasileiro
imagem do fale com a SAE
Brasília,

Programas que garantam o pleno desenvolvimento da criança na primeira infância, idade que vai de zero a três anos, avaliação de políticas que orientem o uso de florestas como fontes de energia, são temas que envolvem os debates da SAE entre esta terça e quarta-feira (14 e 15/02), quando o CDES também programou mais um debate com a sociedade civil sobre desenvolvimento sustentável.

Nesta terça-feira, a Secretaria de Ações Estratégicas da SAE reuniu a consultora sênior da Organização dos Estados Americanos (OEA) Gaby Fujimoto, Gaby com um grupo de especialistas na área, técnicos e autoridades do governo, para avaliação das principais experiências mundiais no que se refere à formulação de políticas públicas para a primeira infância. Isso no período da manhã. À tarde, coube à consultora da OEA conhecer e avaliar programas desenvolvidos no Brasil.

Ao mesmo tempo, a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da SAE reuniu técnicos e autoridades para discutir  a utilização de bioenergia proveniente da madeira. O objetivo foi reunir instituições relacionadas ao setor para avaliar a importância e a relevância desta modalidade de geração de energia sob a ótica da Política Nacional de Florestas Plantadas.

Já o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – CDES, órgão vinculado à SAE, junto com a Secretaria Geral da Presidência da República, promove, nesta quarta-feira (15-02), mais um debate para ampliar o diálogo social sobre o desenvolvimento sustentável e a Conferência Rio+20, assim como fortalecer a participação da sociedade civil nas discussões do tema.

Acompanhe abaixo mais detalhes sobre os três eventos

Primeira Infância

Florestas energéticas

Rio+20

Leia também

  • Nenhum texto relacionado



Comentar